Arte das ruas na Sala Dobradiça

A Sala Dobradiça está de cara nova. A métrica dos desenhos de Braziliano e o cuidado no acabamento dos traços de Natã Concatto deixaram o espaço ainda mais colorido. O trabalho dos grafiteiros se sobrepôs ao graffiti de Trampo, realizado durante o Macondo Circus.

“Uma compilação do grafiti que fazemos nas ruas e em casa”, assim Braziliano definiu o trabalho. “A linguagem urbana para dentro de um espaço em que as pessoas vêm e entendem melhor o que fazemos, a partir daqui passam a conhecer melhor nosso trabalho e saber quem somos”, reforça Natã. Ambos comentaram que o grande diferencial de grafitar num local fechado é o contato com o público “Estamos produzindo e o pessoal aqui do lado olhando e interagindo com a gente é muito legal!”.

O não convencional. Essa é a ideia da arte estampada no andar de baixo do Macondo Lugar. Expôr como arte o denominado grafiti proibido das ruas. É o Macondo unindo arte urbana à um festival recheado de rock.

Texto: Andressa Quadro

Fotografia: Marcelo De Franceschi

Anúncios

Sobre venetacoletivo

Veneta, que significa ideia repentina, dar na telha, ou, como diz a expressão pupular, dar na veneta, é uma assessoria de produção e articulação cultural. Atua sobre projetos das mais variadas vertentes, enaltecendo a qualidade e diversidade da cultura regional.
Esse post foi publicado em Principal e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s